Três turistas morrem após férias em hotel da República Dominicana

Familias exigem explicações

Uma mulher da Pensilvânia, nos EUA, morreu de forma repentina após umas férias na República Dominicana. A sua morte acontece cinco dias antes de um casal de Maryland ter falecido também. Os três têm em comum o facto de terem estado de férias no mesmo hotel.

Miranda Schaup-Werne, de 41 anos, morreu no dia 25 de maio depois de ter tomado uma bebida do mini bar do Bahia Principe Hotel, em La Romana. Cinco dias depois, morreu um casal recém-casado. Os seus corpos foram encontrados depois de estes não terem realizado o check-out, situação que deixou os funcionários do hotel em alerta.

O casal havia dado entrada no hotel no dia em que Miranda morreu.

A autópsia realizada aos três revelou a mesma causa de morte: insuficiência respiratória e edema pulmonar, que é causado pelo excesso de líquido nos pulmões. O Instituto Regional de Ciências Forenses disse que, no caso do casal, mais testes são necessários.

As autoridades norte-americanas já estarão a investigar o caso, dado que os familiares das vítimas exigem explicações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here