A GNR apreendeu plantas de canábis e uma arma proibida na casa de um suspeito de 80 anos que foi constituído arguido e é esta quinta-feira presente a tribunal.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga refere que, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Póvoa de Lanhoso, no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefaciente, os militares realizaram uma busca domiciliária que resultou na apreensão de quatro pés de canábis em fase de secagem, 25 munições de calibre 6,35mm e uma pistola de alarme.

O suspeito, de 80 anos, que já tinha sido constituído arguido no âmbito da investigação, e é hoje presente ao Tribunal Judicial de Famalicão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here