A Quinta Pedagógica de Braga assinalou hoje 19 anos ao serviço da comunidade, assumindo-se como um espaço de referência no Concelho e em toda a região Norte. Desde a sua criação, este projecto tem registado um trajecto ímpar de crescimento sustentado, disponibilizando actividades pedagógicas para vários públicos, desde crianças, a seniores e a utentes com necessidades educativas específicas.

Ao longo destes 19 anos de actividade, a Quinta recebeu mais de 500 mil visitantes, proporcionando o contacto privilegiado com a natureza, num contexto educativo e pedagógico, sem nunca esquecer a formação e consciência ambiental.

“Este é um espaço aberto a todos e um ponto de encontro de gerações. Ao longo dos tempos a Quinta Pedagógica de Braga afirmou-se como um equipamento imprescindível na harmoniosa ligação que queremos estabelecer entre o ambiente urbano e o mundo rural, preservando as tradições minhotas. Para isso, muito tem contribuído a dedicação e empenho de todos os colaboradores que aqui desenvolvem a sua actividade”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, lembrando as diversas intervenções que foram realizadas nos últimos anos e que permitiram dotar o espaço das melhores condições para acolher os visitantes e diversificar a sua oferta.

As comemorações, que juntaram a comunidade educativa e parceiros da Quinta Pedagógica, ficaram marcadas pelo lançamento do projecto ‘Hortas Sociais e Terapêuticas’, resultante de um protocolo de colaboração entre o Município e a CERCI Braga.

Altino Bessa, vereador do Ambiente, lembrou a evolução da Quinta Pedagógica e as inúmeras actividades realizadas em torno dos vários aspectos relacionados com a área agrícola e com as tradições rurais. “2022 foi o melhor ano de sempre da Quinta pedagógica. Se tivermos em conta que em 2013 este espaço recebeu 23 mil visitantes e em 2022 registou 47 mil, podemos atestar a sua evolução de forma categórica. Nos últimos anos foram realizadas intervenções de forma a tornar a Quinta mais atractiva e cada vez mais inclusiva, sempre com o foco em manter e preservar as tradições da região e do Concelho de Braga”, referiu Altino Bessa, adiantando o espaço vai ter novas atracções e valências para continuar a ser um equipamento de excelência.

Dessa forma, nos próximos tempos, a Quinta Pedagógica vai passar a contar um picadeiro, estando já em curso a instalação de um antigo celeiro, fornecido pelo Grupo Mercadona. Este elemento fazia parte do local onde a nova loja está a ser construída, na freguesia de Real, estando a sua deslocação e instalação a cargo da referida cadeia de supermercados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here