Em causa estão situações em que bilhetes estão a ser revendidos por valores superiores e casos de burla em que são colocados à venda bilhetes que nem sequer existem.

A Federação Portuguesa de Futebol denunciou à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) a venda irregular de bilhetes para o Portugal-Macedónia do Norte, a final do “play-off” de qualificação para o Mundial2022, revelou o organismo federativo à Lusa, este domingo.

A instituição que rege o futebol português “recebeu várias denúncias de revenda de bilhetes e inclusivamente de burla, tendo reportado imediatamente às autoridades competentes”, relativamente ao encontro marcado para terça-feira, no Estádio do Dragão, no Porto.

“Nas denúncias detetadas há situações em que bilhetes adquiridos pelo seu valor nominal estão a ser revendidos por valores superiores, mas também há casos de burla em que são colocados à venda bilhetes que nem sequer existem”, indicou a FPF.