O grupo empresarial dst, de Braga, lançou, esta quarta-feira, o prémio “Arte em espaço público & sustentabilidade”, que desafia à criação de uma obra arte a partir de resíduos industriais ou provenientes da construção e demolição de edifícios.

O prémio tem o valor de 7.500 euros e a criação artística vencedora será cedida ao município de Braga, para ficar exposta num espaço público da cidade.

Até 03 de abril, artistas nacionais e internacionais podem submeter portefólios e propostas conceptuais que cumpram os requisitos previstos no regulamento do prémio.

O vencedor do prémio será anunciado em 21 de julho e em 03 de outubro será inaugurada a obra de arte já no seu destino final, um espaço público da cidade, a acordar entre os promotores do prémio e a Câmara de Braga.