Jovem, de 28 anos, foi raptado à porta de casa, em Sintra, a 15 de março e o corpo encontrado segunda-feira num mato na Arrábida.

O rapper português David Mota, conhecido no mundo da música como Mota Jr, foi encontrado morto.  

O corpo foi encontrado na noite de segunda-feira, em Sesimbra, numa zona de descampado. O cadáver estava em elevado estado de decomposição e só esta terça-feira foi identificado.

Inicialmente, a GNR tomou conta da ocorrência, após o alerta de populares, mas o caso passou, entretanto, para a Polícia Judiciária (PJ).

A PJ de Setúbal acredita que o corpo foi depositado propositadamente naquele local, por ser uma área pouco movimentada.

Mota Jr estava desaparecido desde a madrugada de 15 de março.

O reportório musical do rapper inclui o single “Vira Casacas” e a colaboração com o rapper Piruka em “Ca Bu Fla Ma Nau”.

David Mota, de 28 anos, terá sido sequestrado à porta de casa, em São Marcos, concelho de Sintra, no passado dia 15 de março, depois de ter recebido, por volta da 01:00, uma chamada para descer até à porta do prédio.

No dia 15 de abril, numa entrevista no programa da TVI “A Tarde É Sua”, Filomena Mota, mãe do artista, explicou que o filho foi recebido por dois indivíduos armados que o levaram.

David era o mais novo de três irmãos. No dia em que a mãe e uma das irmãs foram prestar declarações da sede da PJ em Lisboa, a casa, que se encontrava sem ninguém, foi assaltada. Segundo Filomena, o filho quando foi raptado teria à cintura uma bolsa com alguns pertences, entre eles, a chave de casa. Por essa razão, acredita que os assaltantes tenham entrado com essa mesma chave.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here