De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde desta terça-feira, o Minho tem um total de 3.952 casos confirmados, mais 16 do que na véspera.

Os números correspondem aos dados recolhidos até as 24:00 de ontem e comportam os dados incluídos na plataforma SINAVE, podendo pecar por defeito de 10%.

Braga vai para o quarto dia consecutivo sem novos casos (1225) e Famalicão já vai para o sexto (400)
No Alto Minho, Viana do Castelo está há sete dias sem novos casos confirmados (186).

A maior subida registou-se em Vizela com mais seis casos (146), Guimarães registou mais quatro (720), Fafe mais dois (124), tal como Vieira do Minho (44). Barcelos registou mais um (302).

De resto, mantêm o número de casos os concelhos de Vila Verde (233), Amares (78), Póvoa de Lanhoso (61), Esposende (47), Celorico de Basto (23), Cabeceiras de Basto (18) e Terras de Bouro (10).

No Alto Minho, apenas o concelho de Ponte de Lima sofreu alterações no relatório, com um novo caso de contágio registado, totalizando 30.

Os restantes concelhos do distrito mantêm os mesmos números: Viana do Castelo (186), Arcos de Valdevez (73), Melgaço (63), Caminha (19), Valença (12), Cerveira (9), Paredes de Coura (7) e Ponte da Barca (6).

O distrito de Braga tem 3.431 casos confirmados e o de Viana do Castelo 521.