O treinador João Henriques frisou hoje que o Vitória de Guimarães quer iniciar um “ciclo positivo” de resultados em Barcelos, com um triunfo no reduto do Gil Vicente, para a sexta jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Insatisfeito com a derrota caseira na receção ao Sporting de Braga (1-0), na jornada anterior, o ‘timoneiro’ vimaranense disse que os seus jogadores não querem “acumular situações que não são favoráveis”, tendo alertado para a necessidade do regresso aos triunfos, no domingo.

Minho, antes de recebermos o Sporting em casa”, disse, na antevisão ao duelo marcado para as 17:30.

Ao fim de três semanas de trabalho em Guimarães, após ter substituído Tiago Mendes, João Henriques afirmou que a formação vitoriana está cada vez mais “forte” e “sólida”, precisando sobretudo de ter mais “remates” e de ganhar “presença na área”, numa fase em que soma dois golos marcados – tem o pior ataque do campeonato, a par do Belenenses SAD.

O técnico natural de Tomar referiu mesmo o golo de Marcus Edwards, frente ao Boavista, e o remate de Quaresma ao lado, diante do Braga, como exemplos de lances com presença na área, que deseja ver repetidos com mais frequência.

“Temos trabalhado a finalização e os posicionamentos da equipa. É um trabalho de alguma paciência, que vai ter os seus frutos porque as individualidades estão cá e têm qualidade”, observou.