Altice FORUM Braga passa a acolher processo de vacinação contra a Covid-19

Equipas do ACES de Braga e do Município começaram a trabalhar a estratégia de vacinação no espaço municipal. Estrutura destinada às 2.ª e 3.ª fases de vacinação já está a ser montada e ficará disponível nos próximos dias. 

O processo de vacinação em Braga vai passar, “nos próximos dias”, a ser realizado também no Altice FORUM Braga. A informação foi avançada à RUM pelo presidente da autarquia.

Segundo Ricardo Rio, o município “disponibilizou ao ACES Braga instalações municipais, no caso o Altice FORUM Braga, para acolher com maior conforto este processo de vacinação”.

De há uma semana a esta parte que a vacinação contra a Covid-19 decorre no edifício sede Agrupamento de Centros de Saúde de Braga,  no Largo Paulo Orósio. É destinada a idosos com mais de 80 anos e pessoas com mais de 50 e doenças associadas. Entre quinta-feira e o dia de ontem foram vacinadas 600 pessoas de um grupo de 18 mil prioritários no concelho. Nos primeiros dias, o processo sofreu alguns atrasos relacionados com o sistema informático e o número de acompanhantes levando a dificuldades na gestão de espaço.  “A valência só deveria ser usada com marcações, para não criar nenhum fator de pressão, por exemplo em termos de espera, mas a verdade é que na prática não tem funcionado em pleno”, reconheceu o autarca em declarações à Universitária.

Por isso mesmo, uma equipa do ACES de Braga, em articulação com o muncípio e a InvestBraga, está já “a trabalhar no desenho dessa solução” que, apesar de tudo, até ao momento “não se revelou necessária”, mas, acrescentou Rio, “deverá ser implementada logo que possível”.

“A estrutura que vai ser montada ficará em permanência, para acompanhar o processo de vacinação do público em geral”, acrescentou. 

O autarca defendeu ainda a autorização da colaboração das farmácias nas próximas fases de vacinação considerando que “é impensável que um processo desta natureza não possa ser realizado daqui a alguns meses com a colaboração das farmácias”.

“O ritmo da vacinação vai dependendo da disponibilidade em termos de vacinas para prosseguir o processo dentro da escala de prioridades definido”, referiu. 

O concelho de Braga está prestes a completar o processo de vacinação nas instituições sociais. Até ao momento, “apenas as que tinham surtos ativos não foram  abrangidas, mas há três que esta semana vão ser incluídas nesse processo”, garantiu o autarca: Lar Conde de Agrolongo, ATIP (Associação Amigos da Terceira Idade) de Palmeira, S. Lázaro e Montariol (cuidados continuados).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here