Benfica fica a 5 pontos de distância do segundo classificado, o Sporting.

O Benfica arrebatou hoje o primeiro campeonato português de futebol feminino da sua história, com uma vitória 3-0 em casa do rival lisboeta Sporting, na 14.ª e última jornada da fase de apuramento de campeão.

Precisando apenas de um empate no Estádio José Alvalade para ser campeão, o conjunto orientado por Filipa Patão alcançou a vantagem logo aos cinco minutos, por Nycole, sustendo a vantagem tangencial até aos instantes finais, em que os golos de Cloé Lacasse, aos 83, e de Kika Nazareth, de penálti, aos 87, sentenciaram o triunfo.

O Benfica venceu pela primeira vez o título, depois de vencer a II Liga e uma Taça de Portugal e outra Taça da Liga, tendo terminado esta segunda fase do campeonato com 39 pontos, mais cinco do que o Sporting, que encerrou na segunda posição, com 34.

A partida não podia ter começado melhor para as ‘águias’, que se adiantaram no marcador logo aos cinco minutos, por intermédio de Nycole, que, solta de marcação, bateu Inês Pereira, após uma incursão rápida pela esquerda da canadiana Cloé Lacasse.

A brasileira esteve lesionada e, depois de 10 minutos na goleada (7-0) ao Condeixa, regressou à titularidade da melhor maneira, perante um conjunto ‘leonino’ muito desinspirado em termos ofensivos, procurando o perigo através de bolas paradas.

Contudo, num encontro disputado a um ritmo lento, com muitas paragens, o Benfica ia gerindo a vantagem, com consistência defensiva e a ameaçar até um segundo tento, quando Inês Pereira desviou para canto um remate de Andreia Faria, aos 32 minutos.