Um homem ficou proibido de se aproximar da antiga casa, em Braga, depois de ter sido detido pela PSP por ter agredido a mulher com um prato na cabeça, em frente às filhas de quatro e de sete anos, causando-lhe ferimentos. Ainda ameaçou as três com gasolina.

Quando a PSP chegou ao local, na zona de Santa Tecla, na segunda-feira à noite, as vítimas, que tinham ido para a janela pedir socorro, agarraram-se aos agentes, pedindo que não deixassem o pai voltar a entrar em casa. Como medidas de coação, o Tribunal de Instrução Criminal de Braga proibiu o arguido de contactar as vítimas e de se aproximar do apartamento onde estas vivem e onde deixou de poder residir por decisão judicial.

Segundo apurou o JN, o suspeito, empresário, terá começado por puxar os cabelos à mulher, desempregada e na sua inteira dependência económica. Depois, tê-la-á agredido com um prato na cabeça, causando-lhe vários ferimentos. A vítima, de 29 anos, teve de ser transportada ao Serviço de Urgência do Hospital Central de Braga.

O agressor, de 43 anos, detido pela PSP, tem antecedentes de ameaças à mulher e às filhas, tendo chegado a levar gasolina para a habitação, como forma de as intimidar. O casal tem nacionalidade turca.

IN “JN”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here