Suspeita perseguia e ameaçava uma mulher de 30 anos através das redes sociais e presencialmente.

Uma mulher de 59 anos foi detida pela GNR, esta quarta-feira, pelo crime de perseguição, no concelho de Braga.

Ao que as autoridades conseguiram apurar, a suspeita perseguia e ameaçava uma mulher de 30 anos, residente na Póvoa de Lanhoso, através das redes sociais e presencialmente. A situação estendia-se ainda ao marido da vítima e aos dois filhos menores.

Na sequência das buscas domiciliárias foram apreendidos dois telemóveis e um computador portátil.

A detida já foi presente a tribunal judicial, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de apresentações diárias no posto policial da área de residência e proibição de contato, por qualquer meio, com as vítimas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here