‘Ice Merchants’, de João Gonzalez, está na lista de nomeados para o Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação. Já o filme ‘Everything Everywhere All at Once’ (‘Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo’), de Daniel Scheinert e Daniel Kwan, liderou a lista de nomeações.

Está marcada para o próximo dia 12 de março, em Los Angeles, mais um Cerimónia dos Óscares, que é já a 95.ª da sua história. E foi já esta terça-feira que a Academia de Cinema dos Estados Unidos divulgou todos os nomeados, num total de 23 categorias.

O filme ‘Everything Everywhere All at Once’ (‘Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo’), de Daniel Scheinert e Daniel Kwan, liderou a lista de nomeações, entre elas a de para Melhor Filme, ao ser referenciado por 11 vezes – e apresentando-se, portanto, como um dos mais sérios candidatos na edição deste ano dos prémios.

Seguiram-se, na lista dos títulos mais referenciados, ‘The Banshees of Inisherin’, de Martin McDonagh, e ‘All Quiet on the Western Front’, de Edward Berger, cada um deles com nove menções.

Outros títulos em destaque nas nomeações deste ano foram ‘Top Gun: Maverick’ ‘Avatar: The Way of Water’, também eles nomeados para o tão desejado galardão de Melhor Filme.

Na lista das consideradas para o Óscar de Melhor Atriz estão nomes bastante conhecidos do público, como Cate Blanchett e Ana de Armas, ao passo que, nos atores, destaque para figuras como Colin Farrell, Brendan Fraser e Bill Nighy.

É também de realçar a nomeação de Steven Spielberg, que igualou assim, com ‘The Fabelmans’, Martin Scorsese no posto de segundo realizador com mais indicações na história destes galardões.

Este ano, eram ainda três os projetos com cunho português – ‘Ice Merchants’, ‘O homem do lixo’ e ‘O lobo solitário’ – que tentavam entrar na lista final de títulos nomeados para estes prémios norte-americanos de cinema. Porém, só o primeiro deles, de João Gonzalez, conseguiu atingir o tão ambicionado objetivo, estando agora no leque dos candidatos ao Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação.

Esta torna-se, assim, na primeira produção portuguesa a integrar os nomeados para os Óscares em toda a história dos prémios – algo que nunca antes tinha acontecido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here