Mulher de 24 anos tinha acabado de se formar como dermatologista. Crime terá sido cometido por um ex-namorado, por ciúmes.

Uma conhecida ‘influencer’ russa foi encontrada morta, com indícios de esfaqueamento, dentro de uma mala de viagem, no seu apartamento, em Moscovo.

De acordo com fontes policiais, citadas pela BBC, o corpo de Ekaterina Karaglanova, de 24 anos de idade, foi descoberto na passada sexta-feira, depois de a família deixar de conseguir contactá-la.

A polícia russa indicou que a principal linha de investigação é um possível crime passional, motivado por ciúmes de um ex-companheiro.

O corpo da mulher, que tinha acabado de se formar como médica dermatologista, foi encontrado pela família, no corredor à entrada do apartamento. Os pais pediram autorização ao senhorio para entrar. Ekaterina ainda foi transportada para o hospital, mas já estava morta, com um corte profundo na garganta.

As imagens de videovigilância do prédio mostraram que a última pessoa a entrar em casa da ‘instagramer’ foi um ex-namorado. Desconhece-se, porém, se este já foi detido.

Karaglanova, que tinha 85 mil seguidores no Instagram, tinha começado uma relação amorosa recentemente e planeava fazer uma viagem à Holanda para celebrar o seu aniversário, a 30 de julho. Uma viajante frequente, possivelmente devido à conta de Instagram, tinha estado na Grécia na sua última viagem.