Polícia reforçou presença no centro da cidade dos arcebispos e o acesso a grandes jardins foi vedado pelas autoridades.

Os bracarenses passaram no teste. Na noite de São João, as ruas da cidade de Braga estavam praticamente vazias. Os jardins foram vedados à população e foi notório o cumprimento das normas básicas no centro histórico da cidade. Nas zonas com bares e restaurantes estiveram provavelmente menos pessoas que na noite do passado sábado em que a Polícia foi obrigada a desmobilizar vários grupos que se foram formando e crescendo em zonas como o Campo das Hortas, Carvalheiras e Sé de Braga.

Na noite de São João de 2020, na rua, encontravam-se algumas famílias, poucas, a caminhar. Encontrar um lugar para estacionamento não era difícil, assim como parar e sentar numa esplanada do centro da cidade. Famílias e grupos de amigos optaram pelos pequenos arraiais em casa, respeitando assim o apelo deixado pelas autoridades e Câmara Municipal de Braga.

As autoridades permaneceram em massa no centro da cidade de Braga, precisamente para assegurar que os bracarenses cumpriam. 

No Altice FORUM Braga, o concerto solidário promovido pela Associação de Festas de São João de Braga decorreu respeitando as normas da DGS e sem incidentes.

O Arco da Porta Nova, a Arcada e a Capela de São João da Ponte engalanaram-se para celebrar o São João de Braga dentro de portas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here