A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a GNR e a PSP lançam esta terça-feira a campanha de Segurança Rodoviária “Cinto-me Vivo”, que visa alertar para a importância do uso correto dos dispositivos de segurança.

A campanha “Cinto-me Vivo”, que se prolonga até à próxima segunda-feira, inclui ações de sensibilização da ANSR e operações de fiscalização, pela GNR e pela PSP, referem as autoridades, num comunicado conjunto.

As ações de sensibilização decorrem em conjunto com as operações de fiscalização programadas para a Praça Duque de Saldanha, em Lisboa, Estrada Nacional 125, Km 89,9, Rotunda das 4 Estradas, Albufeira, distrito de Faro, na Rua Zeca Afonso (alternativa: Rua Cidade de S. Paulo), Beja, na Estrada Nacional 18, Penha, Portalegre, e na Avenida 1.º de Maio, Paivas, Seixal.

Numa colisão, um veículo para numa fração de segundo. Mas os ocupantes, caso não usem cinto de segurança, continuam a seguir na direção do movimento com uma velocidade igual à que seguia o veículo no instante inicial do acidente. Numa colisão frontal a 50 km/h, um condutor com 70kg, sem cinto de segurança, sofre um impacto equivalente a uma queda livre de um terceiro andar”, lê-se na nota.

Lembram igualmente que o uso do capacete de modelo aprovado, devidamente apertado e ajustado, reduz em 40% o risco de morte em caso de acidente.

“Está igualmente comprovado que a utilização correta de cadeirinha homologada e adaptada ao tamanho e peso da criança, reduz em 50% o risco de morte. Em crianças até aos 18 Kg, a utilização de uma cadeirinha voltada para a retaguarda, combinada com a utilização de cinto de segurança, reduz até 90% o risco de lesões graves ou morte”, sublinham.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here