Antigo primeiro-ministro convenceu o presidente da Câmara de Barcelos a deixar cair o apoio a Ricardo Costa e a apoiar o líder distrital.

O deputado Joaquim Barreto, reeleito há dias presidente da distrital de Braga do PS, agradeceu ao antigo primeiro-ministro, José Sócrates, no seu discurso de vitória, o apoio que lhe deu na campanha, em Barcelos, para as eleições federativas. “Quero aqui agradecer ao engenheiro José Sócrates, pessoa que nunca abandonei e com quem mantive sempre contacto, pelo apoio que, em Barcelos, nos deu nesta campanha”, declarou o deputado socialista na intervenção na noite eleitoral em que foi reeleito.

A três semanas da ida às urnas, Sócrates terá sido decisivo para convencer Miguel Costa Gomes, presidente da Câmara de Barcelos, a apoiar Barreto.

Todas as sondagens do distrito davam uma derrota do socialista amigo do ex-primeiro-ministro. Miguel Costa Gomes estava então ao lado de Ricardo Costa, o adversário do incumbente.

Aliás, Barcelos era o concelho onde Ricardo Costa estava mais confortável do ponto de vista dos apoios e a candidatura acreditava mesmo que podia ganhar por mil votos.

De acordo com o “Jornal de Barcelos”, José Sócrates deslocou-se a Barcelos para se encontrar com Miguel Costa Gomes e tê-lo-á aconselhado a não fazer inimigos numa altura em que estava fragilizado – o autarca foi detido no âmbito da Operação Teia.

O ex-primeiro-ministro recomendou a Miguel Costa Gomes que se unisse ao PS a nível local, procurando reconstruir pontes com Joaquim Barreto.

No discurso de vitória, Joaquim Barreto agradeceu diretamente a José Sócrates. “Quero aqui agradecer ao engenheiro José Sócrates, pessoa que nunca abandonei e com quem mantive sempre contacto, pelo apoio que, em Barcelos, nos deu nesta campanha”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here