Carlos Carvalhal: “nunca há favoritos” num derby mas sabemos o que temos que fazer”

“Num dérbi nunca há favoritos, em circunstância alguma, são jogos sempre extremamente disputados, há 50% de hipóteses para cada equipa”, afirmou o treinador dos bracarenses, na antevisão da partida, à televisão do clube.

O treinador dos bracarenses disse ter “consciência de que vai ser um jogo difícil”, porque “o Vitória de Guimarães tem uma boa equipa” e “vai, com os seus argumentos, tentar levar pontos de Braga”.

Em caso de vitória, os bracarenses regressam ao segundo lugar, mas Carlos Carvalhal garante que a sua equipa está apenas focada na partida de terça-feira e “não no que anda à volta do jogo, as consequências, a pontuação ou a classificação, isso não é importante, nunca foi desde o início”.

Carvalhal e os adeptos: “Com eles seria um dérbi absolutamente fantástico”

“Gostaríamos muito de ter adeptos neste jogo. Embora a presença deles não se faça sentir no estádio, nós sentimo-los no dia-a-dia, na atmosfera que anda à volta do clube. Sentimos fortemente isso. Não vão estar presentes, mas será como se estivessem. Lamento. Com eles seria um dérbi absolutamente fantástico, mas também não vai deixar de ser porque o Vitória tem a necessidade de vencer e nós também temos muita vontade de ganhar jogos. Estão reunidas as condições para um grande dérbi”.