SC Braga entra a vencer na Liga Europa 0-2 diante Malmö

Sporting de Braga entrou a vencer na ronda inaugural da Liga Europa, esta quinta-feira, na deslocação ao reduto do Malmo (0-2), num jogo em que ainda teve dois golos anulados por fora de jogo.

Numa partida em que os bracarenses estiveram praticamente sempre por cima, as oportunidades foram surgindo junto da baliza de Diawara, enquanto o bicampeão sueco tentava ‘sacudir’ o perigo de qualquer modo.

Fabiano foi o primeiro a tentar a sua sorte ainda dentro dos primeiros dez minutos e, pouco depois, Vitinha viu o seu cabeceamento ser travado pela barra. Pelo meio, Abel Ruiz teve um golo anulado pelo assistente por posição irregular no lance, no fecho dos primeiros 20 minutos.

Apesar da resistência da equipa da casa, o Sporting de Braga conseguiu mesmo chegar ao golo (de forma justa, diga-se) à passagem da meia hora de jogo, na sequência de uma bola parada cobrada por André Horta. A bola foi penteada por Paulo Oliveira e, ao segundo poste, o companheiro do centro da defesa Bruno Rodrigues desviou para o fundo das redes.

Logo a seguir, aos 34 minutos, Ricardo Horta apareceu em zona de finalização e viu Diawara negar-lhe o golo, sendo que, do outro lado do campo, o máximo que o Malmo conseguiu até ao intervalo foi assustar num remate de Dennis Hadzikadunic, a passar a centímetros do poste da baliza de Matheus.

No regresso dos balneários, o filme do encontro não foi muito diferente. O conjunto de Artur Jorge desde cedo mostrou que queria resolver o encontro e, depois do novo golo anulado (desta vez a Vitinha num fora de jogo alertado pelo VAR), acabaria por chegar ao segundo golo na sequência de uma grande penalidade… também ela com a sinalização do videoárbitro, por falta sobre Nuno Sequeira.

Aos 70 minutos, Ricardo Horta não tremeu na cobrança do castigo máximo e colocou os bracarenses mais confortáveis no encontro, silenciando os adeptos do Malmo presentes nas bancadas, que apenas viram a sua equipa tentar ameaçar o 1-2 por intermédio de Christiansen e Berget até ao apito final.

No outro jogo do grupo, o Union St. Gilloise venceu no reduto do Union Berlin (0-1) e partilha, assim a liderança com os minhotos (que continuam invencíveis esta época) no topo do grupo D.

Momento do jogo: O penálti exemplarmente convertido por Ricardo Horta, aos 70 minutos, atirou o Sporting de Braga para um patamar de tranquilidade que já era merecido para a equipa de Artur Jorge.

Onzes

Malmo: Ismael Diawara; Niklas Moisander, Hadzikadunic, Lasse Nielsen; Felix Beijmo, Anders Christiansen, Lewicki, Olsson; Rakip, Berget e Isaac Kiese Thelin.

Sporting de Braga: Matheus Magalhães; Nuno Sequeira, Paulo Oliveira, Bruno Rodrigues, Fabiano Souza; Al Musrati, Diego Lainez, André Horta; Ricardo Horta; Vitinha e Abel Ruiz.