Declarações de Moreno Teixeira treinador Vitória de Guimarães, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro com o FC Porto.

“Se abordarmos o jogo só a pensar defender, não vamos tirar nada do jogo. Percebemos que este não é o nosso melhor momento, identificámos os erros que nos têm levado a não ter os pontos e as vitórias que queremos e parece-me que é mais um problema de Vitória do que qualidade de jogo, porque a equipa, nestes últimos jogos, tem-se apresentado de uma forma muito competitiva, rigorosa e com qualidade. É verdade que não temos conseguido muitos pontos e não podemos fugir a esta realidade, mas também não nos podemos intimidar pelo adversário que amanhã vamos ter pela frente. Sabemos a qualidade do adversário e este talvez seja o FC Porto mais equilibrado e até mesmo o melhor da era Sérgio Conceição, porque tem variáveis no jogo que provocam grande desconforto aos adversários, mas não há nada nem ninguém que me impeça de acreditar que é possível ganhar. Percebemos o real valor dos dois grupos de trabalho e sei bem aquilo que vale o FC Porto e aquilo que provoca ao adversário, percebemos o nosso momento, mas acredito que podemos vencer um FC Porto muito forte. É desta forma que preparámos o jogo, tendo corrigido os erros que nos têm tirado as vitórias. Não podemos estar apenas à espera de aproveitar o erro do adversário, temos de ser nós também a provocar o erro do FC Porto. É desta maneira que amanhã vamos entrar no D. Afonso Henriques, esperando que esteja um grande ambiente, como é habitual. Contamos com o apoio dos nossos adeptos, porque eles nunca falham, e temos de desfrutar do jogo, porque os nossos atletas também merecem isto. Há um ano alguns deles nem lhes passava pela cabeça estar num cenário destes. Essa pressão, como lhe chamam, e o momento do clube terá de cair só sobre mim, porque os atletas têm de estar de cabeça limpa, têm de ser competitivos e com vontade de ganhar.”

“Nunca me lamentei da nossas ausências. Claro que gostava de ter o Anderson disponível, e ele está numa fase muito boa, é o nosso melhor marcador, mas nunca nos agarrámos a ausências. Estamos sem o André André, Handel, Tiago Silva e o Zé Carlos, jogadores muito importantes, mas nunca me viram aqui a lamentar, agarro-me às soluções.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here