Evento em Braga realça papel transformador da Cultura e Envolvimento da Juventude

A XVI Conferência Anual da Rede das Cidades Criativas da Unesco teve início hoje, dia 1 de julho, em Braga, reunindo cerca de 350 delegações de mais de 100 países sob o lema “Bringing youth to the table for the next decade”. O evento, que decorre no Forum Braga, destaca a cultura como elemento transformador dos territórios, promovendo a competitividade, a qualificação e a atratividade.

Na sessão de abertura, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, enfatizou a importância da cultura para a educação, a inclusão e a sustentabilidade, sublinhando a sua capacidade de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. “A cultura tem o poder de transformar os territórios, tornando-os mais competitivos e criando condições para atrair mais pessoas”, afirmou.

O autarca destacou ainda a colaboração entre a Rede das Cidades Criativas da Unesco e outras redes, essencial para fortalecer a visão global sobre a cultura. A conferência culminará na aprovação do “Manifesto de Braga”, que defende a cultura como um objetivo autónomo na agenda internacional de desenvolvimento pós-2030.

A cerimónia de abertura contou também com intervenções de Ernesto Ottone, Diretor-Geral Adjunto para a Cultura da UNESCO, e Andre Sobczak, Secretário-Geral da Eurocities. Mensagens em vídeo de António Guterres, secretário-geral da ONU, e Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República Portuguesa, foram exibidas, assim como mensagens dos presidentes das Câmaras Municipais de Amarante, Barcelos e Santa Maria da Feira, que são cidades criativas da UNESCO.

4o

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here