Presidente do Sporting de Braga absolvido de processo por declarações  

O presidente do Sporting de Braga, António Salvador, foi hoje absolvido de um processo do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por declarações à comunicação social.

Segundo o mapa de castigos, hoje divulgado, Salvador escapa a uma sanção por infração disciplinar, ainda que tenha de pagar uma multa de 574 euros por “inobservância de outros deveres”.

Em causa estavam declarações à comunicação social após a derrota dos minhotos nas meias-finais da Taça da Liga, disputadas em Braga, frente ao Sporting (1-1, 4-3 após grandes penalidades).

O coordenador executivo do Sporting de Braga, Hugo Vieira, vai cumprir 40 dias de suspensão, por comportamentos durante um duelo da equipa B, sendo que o CD decidiu ainda pedir o “relatório de policiamento desportivo” de vários jogos da I e II Liga do último fim de semana, devido a comportamento de adeptos.

Rio Ave-Benfica, Boavista-Sporting de Braga, Desportivo de Chaves-Vitória de Setúbal, no primeiro escalão, e Académica-Sporting Covilhã, Famalicão-Oliveirense e Leixões-Paços de Ferreira, do segundo, são as partidas visadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here