Um novo edifício vai nascer em Braga com o intuito de divulgar a investigação científica levada a cabo pelo Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL).

Em forma de uma “esfera espelhada”, com um total de 5.700 metros quadrados de área de construção, o novo espaço, de três pisos, albergará um centro de ciência (piso zero), um espaço de co-criação para inovações (piso um) e um restaurante com vista panorâmica de 360 graus sobre a cidade (pisos dois e três).

Projeto SENSE.

A informação foi avançada pela Rádio Universitária do Minho (RUM) e confirmada por O MINHO junto de Jorge Fiens, responsável pela comunicação e divulgação de projetos daquele instituto.

Com construção ecológica, a nova infraestrutura (chamada Sense) pretende ser bio-sustentável e deverá ficar concluída até final de 2022.

O responsável adiantou que o edifício “gerará enorme interesse e terá um impacto significativo, não só para a população bracarense mas para as cidades vizinhas e até para todo o mundo”.  “Será um edifício atrativo, tanto no seu conteúdo como na aparência”, acrescenta.

Jorge Fiens explica que o Science center 2.0 (centro de ciência), situado no piso zero, permitirá ao visitante “sentir e experimentar a ciência do hoje e do amanhã” assim como fruir de um restaurante aberto “não só ao INL mas a toda a cidade e ao mundo”. Existem ainda “espaços para os criadores arrendarem”.

Ainda não se conhece o valor total de investimento deste novo projeto que permitirá ainda “aliviar” o edifício já em funcionamento, com cerca de 400 colaboradores de cerca de 40 países

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here