O lendário guitarrista norte-americano Eddie Van Halen  morreu hoje, com 65 anos, vítima de cancro, anunciou a família.

Numa mensagem partilhada na rede social Twitter, o filho do fundador da banda Van Halen refere que o pai, Edward Lodewijk Van Halen, perdeu esta manhã “a sua longa e dura batalha contra o cancro”.

“Ele era o melhor pai que poderia alguma vez ter desejado. Cada momento que partilhei com ele dentro e fora do palco foi uma dádiva”, escreveu Wolfgang van Halen, confessando ter “o coração partido” e pensar que nunca conseguirá verdadeiramente recuperar desta perda.

Em 1974, na Califórnia, Eddie Van Halen fundou com o irmão, Alex, o vocalista David Lee Roth e o baixista Mark Stone a banda Van Halen, Inicialmente pensaram batizar a banda como Mammouth, mas mudaram para Van Halen quando descobriram que já existia outra com o mesmo nome.

Van Halen está entre os 20 artistas que mais discos venderam e, em 2007, a banda foi incluída no ‘Rock and Rol Hall of Fame’.

A revista Rolling Stone colocou Eddie Van Halen, que nasceu em Amesterdão, na Holanda, e mudou-se ainda criança com a família para os Estados Unidos da América, em 8.º lugar na lista de 100 maiores guitarristas.

Eddie Van Halen era um autodidata que conseguia tocar quase todos os instrumentos, mas não sabia ler música.

Em 1978, a banda gravou o primeiro álbum  “Van Halen’”, seguindo-se “Van Halen II’” (1979), “Women and Children First” (1980), “Fair Warning” (1981) e “Diver Down” (1982), entre muitos outros nos anos seguintes.

Com o álbum “1984”, a banda alcançou o número dois do ‘Billaboard 200’, apenas atrás de “Thriller”, de Michael Jackson.

A revista Rolling Stone colocou “1984”, que incluía a música “Jump”, na 81.ª posição na lista dos 100 melhores álbuns da década de 80.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here