A organização de juventude do CDS-PP refere que Francisco Mota se encontra bem, “dentro dos possíveis”, e está em isolamento profilático, como recomendam “todas as recomendações das autoridades de saúde pública”.

O presidente da Juventude Popular, Francisco Mota, suspendeu esta terça-feira a sua presença em todos os atos públicos agendados, depois de ter testado positivo ao novo coronavírus. A organização de juventude do CDS-PP refere que Francisco Mota se encontra bem, “dentro dos possíveis”, e está em isolamento profilático, como recomendam “todas as recomendações das autoridades de saúde pública”.

Num breve comunicado enviado às redações, a Juventude Popular revela que, “apesar de sentir sintomas ligeiros”, Francisco Mota sente-se bem e tem mantido “contacto permanente com as autoridades de saúde pública, tendo em vista vigiar a evolução do seu estado de saúde”.

O líder da juventude centrista vai manter a sua atividade política agendada para os próximos dias, mas irá rever e adiar “todos os compromissos” que exigiam a sua presença física.