A Câmara de Vila Verde, distrito de Braga, decretou três dias de luto municipal pela morte hoje do presidente da Junta de Freguesia de Turiz, Victor Ramos, num acidente de trabalho, no concelho de Amares.

nota de pesar, assinada pela presidente do município, Júlia Fernandes, “manifesta o profundo pesar e consternação pelo falecimento” de Victor Ramos, nascido a 30 de outubro de 1974 e presidente da Junta desde 2013.

“Victor Ramos foi assumidamente homem de causas, empreendedor e desde muito jovem dedicado à causa pública, de forma muito especial à freguesia de Turiz e ao concelho de Vila Verde. Conhecido pela sua solidariedade, generosidade e altruísmo, Victor Ramos deixa a freguesia de Turiz e o concelho mais pobres”, refere Júlia Fernandes.

Segundo a presidente da Câmara de Vila Verde perdeu-se “um homem bom” e um “dos melhores autarcas”.

“Na convicção de que a obra feita é um legado reconhecido por todos e que todos procuraremos honrar e dignificar, o município de Vila Verde endereça à família, nomeadamente à esposa e ao filho, as mais sentidas condolências”, refere ainda a nota de pesar.

O presidente da Junta de Freguesia de Turiz, concelho de Vila Verde, Vítor Ramos, de 48 anos, morreu na manhã hoje num acidente de trabalho, ocorrido na construção de um prédio em Ferreiros, Amares.

O acidente causou ainda ferimentos graves num outro trabalhador, de 43 anos.

No local estiveram 14 homens apoiados por oito veículos.