O Gil Vicente FC venceu, nesta segunda-feira, o FC Paços de Ferreira por 1-0, em jogo da 1.ª jornada da 1.ª Liga Portuguesa.
O único golo, do jogo, foi apontado ao minuto 40, da 2.ª parte, por Alipour.

A equipa da casa, que vai disputar na quinta-feira a segunda mão da terceira pré-eliminatória da Conference League frente ao Riga, depois do empate 1-1 na Letónia, marcou o único golo da partida aos 85 minutos, por intermédio de Alipour, que tinha entrado em campo seis minutos antes.

O Gil Vicente junta-se assim a Benfica, FC Porto, Vizela, Estoril, Vitória de Guimarães e Boavista no grupo de equipas que entrou no campeonato a vencer, enquanto o Paços de Ferreira arrancou a época com uma derrota.

No final do jogo, Ivo Vieira, treinador dos barcelenses, valorizou a importância do apoio dos adeptos.

“A energia vinda das bancadas foi fundamental para conquistar os três pontos. Os gilistas criaram um ambiente favorável que empurrou a equipa para uma boa segunda parte e fizeram a equipa acreditar. Esperamos que continuem com esta postura.

O Paços Ferreira na primeira parte teve algum controlo de jogo. Os jogadores demoraram um pouco para se soltarem, mas na segunda parte invertemos os papéis, fomos melhores e procurámos ser o Gil que queremos ser. Os atletas trabalharam imenso, quiseram ganhar o jogo, e o resultado acaba por ser justo.

Fundamental, sendo o primeiro jogo do campeonato, era ganhar, mesmo não fazendo um bom jogo. Percebemos que podemos fazer mais e melhor, mas é preciso criar algumas rotinas. Foi importante ganhar porque aumenta a confiança dos atletas e fazer com que eles estejam mais próximos daquilo que pretendemos como equipa.

[o que gostou mais e menos na equipa] O que gostei menos é que queria entrar a mandar no jogo, assumir o mesmo e ser mais forte que o adversário. O que gostei, o comportamento da equipa na segunda parte. Procuramos mais a baliza do adversário, ter mais gente na frente, mas tudo isto tem a ver com o envolvimento do jogo. Não foi um jogo perfeito, mas foi um jogo muito competente de nossa parte. Quando as coisas não saem bem, fica o resultado.”