Os vitorianos são nonos classificados, com 10 pontos, e o Arouca é 11.º, com oito.

O Vitória de Guimarães conquistou um ponto na deslocação ao terreno do Arouca, na 7.ª ronda da I Liga de futebol. Os vimaranenses só conseguiram evitar a derrota com um golo de grande penalidade, convertida por Rúben Lameiras aos 90+12 minutos, num jogo com muitos casos.

O lance, aos 99 minutos, nasce de um duelo entre o guarda-redes Zubas e o avançado Safira. A defesa arouquense sacudiu um livre de Janvier, mas o guardião do Arouca derrubou o avançado. O árbitro Fábio Veríssimo assinalou a grande penalidade, confirmada pelo VAR

O Arouca marcou primeiro, aos 32 minutos por Bukia. O extremo combinou com Mújica que devolveu de calcanhar ao companheiro, este rematou de fora da área, apanhando Varela desprevenido. O guarda-redes tentou defender a soco mas a bola fugiu e acabou dentro da sua baliza.

Aos 57 minutos, o Vitória empatou por Anderson. Basso perdeu a bola na saída para o ataque, Johnston aproveitou para lançar Anderson em velocidade, o brasileiro contornou Zubas e atirou à vontade para o fundo da baliza.

A formação da casa não desistiu e passou de novo para a frente aos 70 minutos. Arrancada de Quaresma depois de passe de Arsénio, fletiu para o meio e à entrada da área rematou cruzado e de pé esquerdo, a bola entrou junto ao poste mais distante. Grande golo de Quaresma.

Os vitorianos voltaram a pontuar no campeonato, após o triunfo sobre o Santa Clara na ronda anterior e são nonos classificados, com 10 pontos, e o Arouca é 11.º, com oito, após ter somado o quarto encontro seguido sem vencer na I Liga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here