O Tribunal de Vila Verde aplicou hoje prisão preventiva a um homem e uma mulher suspeitos de diversos furtos em residências no norte do país, que terão “rendido” mais de 150 mil euros, disse hoje fonte da GNR.

Segundo a fonte, o homem, de 32 anos, vai ser conduzido ao Estabelecimento Prisional de Braga e a mulher, de 33, vai para Santa Cruz do Bispo.

Ambos estrangeiros, os suspeitos foram detidos no sábado, em flagrante, por furto a uma residência na freguesia de Lage, no concelho de Vila Verde, distrito de Braga.

A fonte da GNR disse que em causa poderá estar cerca de uma dezena de assaltos, sobretudo no concelho de Barcelos.

No seguimento da ação policial, a GNR apreendeu diversos objetos, como um automóvel, artigos em ouro e de relojoaria, mil euros, dois telemóveis, artigos de vestuário e acessórios e ferramentas e equipamentos utilizados na prática dos furtos.