Braga Romana – Reviver Bracara Augusta’ regressa de 17 a 21 de Maio, voltando a oferecer uma viagem pela história de Bracara Augusta, assumindo-se  como uma grande festa da identidade bracarense.

O Município em comunicado à imprensa, anunciou que estão abertas, até 10 de fevereiro as candidaturas para projetos de artísticos em cinco áreas de intervenção – música, teatro, dança, artes circenses e multidisciplinar. Grupos locais, nacionais e internacionais podem candidatar-se com projetos de animação nas áreas da música (ancestral e oriental), teatro (clássico, marionetas, deambulante, personagens históricas e performance teatral), dança (greco-romanas, orientais), artes circenses (acrobacias, manipulação do fogo, manipulação de objetos) e multidisciplinar, com diferentes e criativas propostas que evoquem o quotidiano de Bracara Augusta, a mitologia romana, gastronomia, artes, ócio, estética, desporto, saúde e a política, entre outros temas do quotidiano daquela urbe romana.

A Braga Romana está de regresso de 17 a 21 de maio, informou hoje a Câmara.

Em comunicado, a autarquia adianta que, até 10 de fevereiro, estão abertas as candidaturas para projetos de artísticos em cinco áreas de intervenção – música, teatro, dança, artes circenses e multidisciplinar.

Grupos locais, nacionais e internacionais podem candidatar-se com projectos de animação nas áreas da música (ancestral e oriental), teatro (clássico, marionetas, deambulante, personagens históricas e performance teatral), dança (greco-romanas, orientais), artes circenses (acrobacias, manipulação do fogo, manipulação de objectos) e multidisciplinar, com diferentes e criativas propostas que evoquem o quotidiano de Bracara Augusta, a mitologia romana, gastronomia, artes, ócio, estética, desporto, saúde e a política, entre outros temas do quotidiano daquela urbe romana.

“Estes projectos são fundamentais para a criação do ambiente inspirador e recreativo das ruas de Bracara Augusta num intenso cenário de momentos da nossa história para ser vivido em pleno pelos muitos milhares de visitantes”, refere o comunicado.

A Câmara considera que o evento “é uma oportunidade para Braga dialogar com a sua origem e ao mesmo tempo projectar o futuro, mostrando o valioso património romano que possui, nomeadamente, o núcleo museológico das Termas Romanas, o Teatro, a Fonte do Ídolo, a Domus da Sé, o Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, entre outros espaços que encontramos, em cada rua, passo a passo”.

O formulário de candidatura encontra-se disponível aqui ou no site da Braga Romana.

Questões e dúvidas sobre o processo de candidatura devem ser remetidos para o email candidaturas.cultura@cm-braga.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here