Theatro Gil Vicente contemplado com 150 mil euros para renovação tecnológica

O Theatro Gil Vicente foi contemplado com 150 mil euros, no âmbito de uma candidatura apresentada ao PRR – Plano de Recuperação e Resiliência –, verbas destinadas à renovação tecnológica com equipamentos de projeção digital de cinema e de vídeo.

A cerimónia de assinatura de contratos, que decorreu na passada sexta-feira, na cidade de Aveiro, contou com a presença do ministro Pedro Adão e Silva, estando o Município de Barcelos representado pela vereadora da Cultura, Elisa Braga.

Na ocasião, o governante sublinhou a importância destes financiamentos, enquanto contributos para a “disseminação do digital e democratização da Cultura”, realçando ainda que, desta forma, se darão passos decisivos para a democratização do acesso a equipamentos e bens culturais.

O Plano de Recuperação e Resiliência – PRR – tem uma dotação de 150 milhões de euros destinados à valorização, salvaguarda e dinamização do Património Cultural, e mais 93 milhões de euros consignados à Transição Digital das Redes Culturais.

Na cerimónia realizada em Aveiro, além de Barcelos, foram contemplados mais 41 equipamentos de outras cidades portuguesas.

Recorde-se que, já em abril de 2022, o Theatro Gil Vicente foi contemplado com 600 mil euros para apoio à programação nos próximos quatro anos.

Tal como agora aconteceu, tratou-se de financiamento em resultado da aprovação de uma candidatura no âmbito do Concurso de Apoio à Programação da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP), exclusivamente elaborada pelos serviços municipais afetos à gestão deste equipamento cultural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here