11.5 C
Braga
Início Desporto V. Guimaraes é derrotada na festa portista no Afonso Henriques 0-1

V. Guimaraes é derrotada na festa portista no Afonso Henriques 0-1

O F. C. Porto venceu (1-0), este sábado, o V. Guimarães no Estádio D. Afonso Henriques, no último jogo da Liga. Marcano foi o autor do único golo do encontro.

O único golo do encontro surgiu apenas na segunda parte. Após um livre de Alex Telles, Marcano, de cabeça, marcou o tento que deu a vitória aos azuis e brancos, que fecharam a época com chave de ouro, igualando o recorde pontual do Benfica (88 pontos) de 2015/16.

Após o encontro, o F. C. Porto vai ser recebido na Câmara Municipal da Invicta e Pinto da Costa, presidente dos dragões, será condecorado com a Medalha de Honra da Cidade. Nesta altura, milhares de adeptos já se encontram na Avenida dos Aliados à espera dos campeões.

Declarações de José Peseiro, treinador do Vitória de Guimarães, na conferência de imprensa após a derrota com o FC Porto (0-1) na 34.ª e última jornada da Liga:

«Acho que merecíamos o empate. Jogámos contra uma boa equipa, que quis vencer, mas mostrámos qualidade. Sabemos que para vencer uma equipa que é campeã e motivada é preciso ser eficaz. Infelizmente, não fomos eficazes. As melhores oportunidades na primeira parte foram nossas. Na segunda, entendíamos que as coisas estavam mais controladas, mas o FC Porto fez golo num lance em que também eles são fortes. Acho que o resultado justo seria o 1-1. Estou satisfeito pelo que fizemos, insatisfeito porque não vencemos.»

Sobre a sua continuidade do clube vimaranense José Peseiro não abriu o livro «Falarei na semana que vem. Quando chegámos a situação não estava fácil. A desconfiança individual e coletiva era muita. As coisas não estavam bem. Por isso é que o Vitória trocou de treinador. Durante os primeiros tempos cheguei a assustar-me. Encontrei uma equipa menos confiante. Pena termos perdido em Santa Maria da Feira, mas as outras exibições foram em crescendo. Tínhamos condições para estar neste momento no 5.º lugar.»

 

Raphinha despediu-se dos adeptos

Extremo deu uma volta ao relvado quando a restante equipa já tinha recolhido aos balneários

Raphinha despediu-se do V. Guimarães após o jogo com o FC Porto. O extremo juntou-se à equipa na despedida final e no agradecimento habitual aos adeptos, mas depois despediu-se sozinho do Estádio D. Afonso Henriques.

O brasileiro de 22 anos deu uma volta ao relvado, parando em vários setores para fazer vénias em direção às bancadas, batendo ao mesmo tempo com o punho junto ao símbolo do Vitória. Recorde-se que Raphinha vai jogar no Sporting na próxima época, tal como adiantou o MAISFUTEBOL, ainda que a transferência ainda não seja oficial.

Raphinha chegou a Guimarães há três anos, na altura para a equipa B, sendo que esta época fez a sua melhor temporada. Marcou dezoito golos em 43 jogos, sendo a principal referência da equipa e o melhor marcador.