O presidente da Câmara de Vieira Minho, António Cardoso, eleito pelo PSD, é acusado pela deputada municipal e líder do PS local, Vânia Cruz, de a apelidar de “regateira” e “menina”, na última sessão da Assembleia Municipal, que se realizou no passado dia 12 através de vídeo conferência. António Cardoso nega, no entanto, as acusações.

O vídeo, mostra o momento em que a líder da bancada dos socialistas se preparava para começar a intervir e se ouve o autarca a referir-se a Vânia Cruz como “é regateira…”.

“Infelizmente, é uma constante por parte do senhor presidente. Não respondi de imediato, porque não seria de bom tom. É normal que discorde das minhas ideias, por isso pertencemos a partidos diferentes. Mas não posso é admitir a falta de respeito e estes comportamentos que têm sido uma constante. Diz que, por sermos jovens, não somos capazes, não percebemos nada disso e, depois, passa mesmo para o ataque pessoal. Desta vez, foi “regateira”, revela Vânia Cruz.

O rol de ataques, diz a deputado municipal, não ficou por aqui. “Depois do “regateira”, veio o “menina” em tom sarcástico e desprezível e num claro ataque à classe feminina. Pela primeira vez, senti-me discriminada por ser jovem e sobretudo por ser mulher, porque o senhor presidente não chama “menino” a nenhum dos meus outros colegas de bancada”, acrescenta.

Contactado pelo JN, o presidente da autarquia vieirense nega ter destratado, “em momento algum”, a dirigente do PS: “Não lhe chamei regateira, não sei por que motivo enfiou a carapuça. E não tenho de revelar uma conversa informal que estava a ter, naquele momento, com o secretário da Assembleia Municipal, pensando que o microfone não estava ligado. Mas posso garantir que não estava a referir-me a ela. E se quisesse chamar regateira, chamava-lhe, a seguir, nas intervenções”.

António Cardoso explica ainda que “menina” é um termo que usa com frequência, “em tom carinhoso e nunca depreciativo, mas cada pessoa interpreta da forma como entende”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here