Dezenas de homens e mulheres, completamente nus, mantinham relações sexuais uns com os outros encobertos pela vegetação.

Uma animada festa de swing (sexo com troca de casais) realizada de madrugada numa praia deserta da cidade brasileira do Rio de Janeiro acabou de forma abrupta, e, com certeza, constrangedora para os participantes.

Fiscais da edilidade carioca que faziam patrulhamento noturno contra violações ao toque de recolher decretado no Rio para tentar conter o avanço da Covid-19 chegaram de repente e acabaram com a animação de todos.PUB

Os fiscais foram alertados de que alguma coisa estava a acontecer, embora jamais imaginassem o que iam encontrar, ao verem grande número de automóveis vazios estacionados num dos acessos à Praia da Reserva, na zona oeste da cidade. Decidiram ir ver o que era, por não ser normal alguém frequentar uma praia afastada e que até durante o dia é pouco frequentada.

Ao aproximarem-se da faixa de areia, seguindo na direção de onde ouviam ruídos (e gemidos) que vinham do meio dos arbustos que cercam o areal, os fiscais depararam-se com uma cena inusitada. Dezenas de homens e mulheres, completamente nús, mantinham relações sexuais uns com os outros encobertos pela vegetação.

À chegada dos fiscais, foi um “Deus nos acuda” entre os participantes na orgia, uns tentando cobrir desesperadamente o que não devia estar à mostra num local público, e outros, principalmente mulheres, fugindo dali a correr tal como vieram ao mundo, não indo buscar nem as próprias roupas. Todos foram autuados e tiveram os carros multados por estacionarem em local proibido.No meio de enorme constrangimento, os casais foram um a um autorizados a deixar o local depois de serem identificados e assinarem um termo circunstanciado, comprometendo-se a comparecerem quando forem chamados a depor.

O que suscitou muita curiosidade aos fiscais, foi como é que as pessoas que fugiram dali completamente nuas e sem levar os próprios carros, rebocados para um depósito da edilidade, conseguiram chegar a suas casas “vestidas”como Adão e Eva…