Antiga escola Francisco Sanches, na freguesia de S. Victor está mais perto de ser reabilitada. A 1ª fase da obra vai custar mais de 1.7ME.

Vai chamar-se Centro Cultural Dr. Francisco Sanches e o primeiro passo tendo em vista a reabilitação do antigo edifício da escola com o mesmo nome, instalada na junta de freguesia de S. Victor, será dado esta segunda-feira, em sede de reunião de executivo municipal.

Disperso por vários sítios, o arquivo do município vai ser reunido e guardado no edifício da antiga escola, situado em São Vítor, após uma intervenção que deve custar 1,5 milhões de euros e pode ainda começar antes do final de 2020. O espaço vai também ser utilizado para a criação cultural, tendo em conta a candidatura a Capital Europeia da Cultura.

Os membros eleitos votam, esta segunda-feira, 17 de maio, o projeto de reabilitação da antiga escola Francisco Sanches, agora designado ‘Centro Cultural Dr. Francisco Sanches’.

A 1ª fase de requalificação, que vai custar mais de 1 milhão e 746 mil euros +IVA, com um prazo de execução de doze meses, corresponde apenas ao piso 0, local onde ficará instalado o Arquivo Municipal de Braga.

No total, a autarquia estima que a obra custe aos cofres municipais perto de cinco milhões de euros.

Foi no início de fevereiro de 2020 que Ricardo Rio apresentou o projeto parcial do futuro centro cultural e cívico Francisco Sanches.

O edifício vai acolher dois arquivos: o arquivo municipal e o arquivo histórico da cidade de Braga. Irá albergar várias associações e grupos culturais, contará com um espaço de residências artísticas e será a casa de artistas emergentes, da música às artes plásticas. No futuro terá ainda uma galeria dedicada ao espólio do Eixo Atlântico.

Por ocasião da apresentação da ideia, no início do ano de 2020, Ricardo Rio assinalou que este “será um espaço de vitalidade cultural numa das freguesias mais emblemáticas”. Na mesma conferência de imprensa, Lídia Dias, vereadora da Cultura, atestava esta reabilitação como “um passo concreto na definição de uma política cultural para a cidade”.

A Direção Regional de Cultura do Norte já emitiu parecer positivo ao projeto da autarquia para o Centro Cultural Francisco Sanches. Depois da aprovação expectável, em sede de reunião de executivo municipal, esta segunda-feira, segue-se a abertura de procedimento do concurso público.

Depois de um passado com gerações e gerações de alunos a entrarem e a saírem, junto à Rua D. Pedro V, que liga o centro histórico e a zona oriental da cidade, o antigo edifício da Escola Francisco Sanches vai transformar-se no Arquivo Municipal de Braga.

Para a segunda fase da obra, a expetativa é que surjam, entretanto, linhas de financiamento.