O comércio tradicional de Braga tem, a partir de hoje, uma plataforma digital para “promover e mostrar” os seus produtos, uma iniciativa apresentada como solução para responder à crise que a pandemia de covid-19 criou.

Comprar@Braga, promovida pela Câmara de Braga, pela InvestBraga e pela Associação Comercial de Braga (ACB), em parceria com os CTT, permite aos comerciantes locais a digitalização dos seus produtos e aos consumidores comprarem ‘online’ com a garantia de entregas no próprio dia, no raio de 10 quilómetros, e em um dia no resto do país.

O uso da plataforma é gratuito para os consumidores até 31 de dezembro e foi apresentada como “uma janela de oportunidade” em tempos de crise.

“Mais do que os ajudar a sobreviver, queremos que os agentes económicos do concelho tenham condições para continuar a desenvolver a sua atividade e até a alargar o seu campo de intervenção”, disse o presidente da câmara de Braga, Ricardo Rio.

Para o autarca, “esta plataforma vem ajudar quem está a ultrapassar um período de maiores dificuldades, mas vem, sobretudo, abrir uma janela de oportunidade”, apontando que “há muitos anos que se discute a necessidade de generalização do comércio eletrónico e a digitalização”.

Segundo o diretor-geral da ACB, Rui Marques, a “digitalização é um dos maiores desafios que o setor enfrenta, bem como a economia da presente década”.

“Mais de 50% das microempresas portuguesas não têm ainda qualquer presença ‘online’, pelas equipas curtas, pela falta de competências digitais e pela pouca capacidade de investimento”, completou.

Iniciativas como a Comprar@Braga “não acabam com as dificuldades, mas fazem parte da solução”.

Segundo Rui Marques, a plataforma funciona com uma “tecnologia muito simples, intuitiva mas fiável”, com entregas rápidas, o que torna a nova plataforma “mais inclusiva ao permitir a venda de produtos alimentares, por exemplo”.

Para aqueles responsável, a Comprar@Braga é uma “solução ganhadora, que vai ajudar a fazer uma pequena revolução digital no comércio local”, pelo que a ACB espera “uma boa adesão de comerciantes”.

Os primeiros custos vão ser suportados pela autarquia e as entregas até ao final de março serão gratuitas.

A Comprar@Braga vai permitir aos comerciantes “de forma simples e rápida” colocar disponíveis os seus produtos, sendo que o consumidor pode, através do telemóvel, ver que comerciantes e produtores estão presentes na aplicação, entrar em cada uma das lojas, efetuar as compras e pagar através de MB Way, cartão de crédito ou débito.

O presidente da ACB, Domingos Macedo Barbosa, destacou que, “no atual contexto de pandemia, em que a esmagadora maioria dos estabelecimentos comerciais estão encerrados, esta solução de comércio eletrónico é uma excelente alternativa para captar clientes, efetuar vendas e conquistar novos mercados”.

A par do lançamento desta plataforma ligada ao serviço CTT Comércio Local, as três entidades promotoras do Comprar@Braga têm planeado um “conjunto de momentos que servirão para a qualificação dos comerciantes nas diversas áreas da digitalização de negócios locais, estando inclusivamente a decorrer um inquérito que irá permitir aferir as necessidades formativas dos comerciantes”.

A inscrição no projeto Comprar@Braga poderá ser feita através do formulário disponibilizado em www.investbraga.com/comprarembraga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here