António Salvador, no fórum “Trio de Quatro”, emitido pelo Diário do Minho TV

Presidente do Sporting de Braga mostrou-se convicto de que os bracarenses vão ser campeões nacionais. “há-de ser campeão, mas há-de ser por fatores de qualidade e não por investimento”.

Na mesma conversa, o dirigente do clube minhoto destacou que a Cidade Desportiva dos bracarenses deverá estar concluída ainda este ano.

“Continuo a dizer que o Braga será campeão pela qualidade que irá acrescentar no campeonato e não pelo investimento. Quando o Braga quiser ser campeão à força, por investimento, vai ter problemas a seguir, mas isso não acontecer enquanto eu for presidente do Braga. Não vou deixar que isso aconteça. Tivemos exemplos disso em Portugal. Com o atual modelo de receitas, não é possível que um clube seja campeão à força do investimento porque depois surgem problemas financeiros”, começou por dizer António Salvador.

“Com a centralização dos direitos televisivos, com um outro modelo de receitas que pode ter no futuro e que não terá se continuar naquele estádio, com mais eficiência e melhor gestão desportiva pode-se lá chegar. O Braga há de ser campeão, mas como disse sê-lo-á com uma gestão contínua e rigorosa e por ambição e nunca por injeção de dinheiro – se queremos ser campeões à força será a morte do Braga”, acrescentou, lembrando a época 2009/10, em que os arsenalistas terminaram o campeonato no segundo lugar.

“Estivemos perto para ser campeões e não o fomos porque não nos deixaram ser, era merecido ser campeão em 2010, foi a melhor equipa do campeonato. O Braga tem de estar muito bem e os outros três estarem mal para acontecer. Raramente estão os três ao mesmo tempo. Trabalho todos os dias pelo clube tenho um só amor, o Braga e peço que nos continuem a apoiar, porque está a criar bases sustentáveis para um dia ser campeão”, atirou, antes de falar sobre a Cidade Desportiva do Sporting de Braga.

“É um dos maiores projetos de sempre do clube. Quando assumi a presidência, o Braga não tinha património e atualmente tem. A Cidade Desportiva é conhecida em Portugal e até internacionalmente, sendo inclusivamente uma referência para a UEFA. A UEFA considerou que é um dos melhores projetos para a formação de atletas. Esse setor começou a trabalhar lá há quatro anos e já tem dado muitos frutos, com vários atletas nas seleções e a serem preparados para a equipa principal. Lideramos praticamente em todos os escalões, temos uma das equipas B mais novas no país, assim como os sub-23, com uma média de idades de 18,6 anos. A segunda fase da Academia é outro projeto de futuro, com a construção de um pavilhão com uma área administrativa e uma residencial. Essa obra ficará concluída ainda este ano e contamos mudar-nos para lá ainda em setembro. Não contámos com qualquer ajuda da autarquia ou do estado. Tratou-se de um investimento, será o clube a pagar a obra”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here