DST vende Aquapor aos franceses da SAUR

Grupo francês fala de “aceleração da estratégia de internacionalização com a compra da Aquaport, líder em Portugal”

A portuguesa Aquapor, do grupo DST, foi comprada pelos franceses da Saur. O valor do negócio que deverá ficar concluído nas próximas semanas, após validação dos reguladores, não foi revelado, mas o grupo francês, em comunicado divulgado esta segunda-feira, afirma que a compra da empresa “líder na gestão das concessões de água municipal em Portugal” vem confirmar “aceleração da estratégia de internacionalização”.

“A SAUR concluiu um acordo com a DST Ambiente para comprar a Criar Vantagens, sociedade que detém 100% do capital da Aquapor”, diz o grupo francês, sublinhando que com este negócio, o peso da divisão internacional no EBITDA do grupo sobe para 30%.

Controlada pelo fundo de investimento sueco EQT, a empresa francesa admite que com a Aquapor terá um crescimento das vendas na ordem dos 120 milhões de euros, com 1.300 novos trabalhadores a servirem 1,3 milhões de clientes, apontando para um volume de negócios consolidado de 1,8 mil milhões de euros.

“Com a Aquapor em Portugal e a Gestagua e Emalsa em Espanha no mesmo grupo, a Saur torna-se o terceiro operador da Península Ibérica, com um volume de negócios de cerca de €250 milhões de euros”, diz o grupo, sublinhando que a operação “permitirá criar inúmeras sinergias graças à partilha de boas práticas e ao acesso das soluções tecnológicas desenvolvidas pela Saur ao mercado português”.

Referindo-se ao mercado português da água como “estável e maduro”, a SAUR destaca o que considera ser “a excecional resiliência” da Aquapor através da crise sanitária.

A Aquapor também estava na mira da espanhola FCC Aqualia, controlados pelo multimilionário mexicano Carlos Slim e gestora das águas nos concelhos de Abrantes, Elvas, Campo Maior, Fundão e Cartaxo,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here