Vitória de Guimarães empata na visita ao Marítimo e segura sexto lugar

Obrigado a ganhar nos Barreiros para recuperar o sexto lugar de forma isolada, que entretanto havia perdido para o Santa Clara, o Vitória não foi além de um empate (0-0) frente ao Marítimo e parte em igualdade pontual com os açorianos para a última jornada, onde será decidida a última posição de acesso à Conference League.

A equipa agora orientada por Moreno Teixeira, o quarto treinador da temporada, até entrou mais determinada que um Marítimo tranquilo por já ter garantido a manutenção, mas gradualmente o jogo ficou muito equilibrado e morno. Do primeiro tempo resultou apenas um momento de maior destaque. Foi aos 26′, quando na ressaca de um canto Edgar Costa obrigou Bruno Varela a uma excelente defesa.

A segunda parte não trouxe mudanças significativas, ainda que o Marítimo tivesse assumido maior protagonismo na posse de bola. E só aos 67′, já com os vitorianos mais estendidos em campo, é que surgiu novo lance relativamente perigoso, com Correa a rematar ao lado. Logo a seguir foi Rochinha a ameaçar a baliza de Amir e aos 79′ Janvier teve nos pés uma boa ocasião para colocar a sua equipa em vantagem. A pressão final do Vitória acabaria por não resultar e o empate afigurou-se perfeitamente justo num jogo de fraca qualidade.

Moreno, treinador do Vitória de Guimarães, em declarações na sala de imprensa após o 0-0 em casa do Marítimo:

«É um empate, e num campeonato tão competitivo, um ponto é relevante. Mas há uma certeza: ficamos a depender só de nós para a última jornada, e isso é uma vantagem. Agora, parece-me que, por aquilo que foram os 94 minutos, a haver um vencedor, seria o Vitória. Reconheço que não foi um jogo muito bem jogado, mas parece-me que o Vitória teve sempre mais bola, criou mais oportunidades. É um ponto e vamos para quarta-feira a depender só de nós e isso é o mais importante.»

[Sensação de comandar a equipa] «Foi muito boa, mas tenho a noção da minha realidade, e essa é a equipa B. A verdade é que apareceu um problema esta semana, foi resolvido, e a equipa A esteve bem organizada, comprometida, disciplinada, e a equipa B hoje teve um resultado fantástico na Póvoa do Lanhoso e as coisas acontecem. É com este pragmatismo que temos de estar. Os problemas aparecem, são resolvidos e a vida continua.»

Júlio Velásquez treinado do maritimo em declarações na sala de imprensa após o 0-0 em casa com o Vitória

 “Estou satisfeito. Ontem [no sábado] parecia que já estava feito, mas para evitar qualquer dúvida foi melhor assim.

Sabíamos que íamos defrontar uma equipa com muita qualidade, que está a lutar por lugares europeus, mas fizemos o nosso jogo.

O jogo foi muito equilibrado no geral e acho que o resultado foi justo.

Estou muito feliz por já ter garantido a manutenção, que era o objetivo quando cheguei aqui há 11 jogos, quando a equipa era a última da tabela.

[Jogo com o Sporting na última jornada] Vamos tentar fazer o melhor jogo possível no estádio do campeão nacional. Acho que será um jogo atrativo, no qual temos de ser profissionais e dignificar o clube que representamos”.