Dirigente comunista vai ser submetido a “uma intervenção cirúrgica urgente da estenose carotídea (à carótida interna esquerda), que não pode ser adiada para depois das eleições”.

O secretário geral do PCP Jerónimo de Sousa vai ser operado de urgência já amanhã, quarta-feira, avançou inicialmente a SIC Notícias. 

De acordo com um comunicado divulgado pelo partido, o dirigente comunista vai ser submetido a “uma intervenção cirúrgica urgente da estenose carotídea (à carótida interna esquerda), que não pode ser adiada para depois das eleições”.

O PCP indica que o seu líder vai ser internado na quarta-feira e prevê que “retome no final da próxima semana a sua intervenção política, nomeadamente na campanha eleitoral em curso para a Assembleia da República”.

A operação vai obrigar Jerónimo a falhar campanha eleitoral para as eleições antecipadas, marcadas para dia 30 de janeiro, durante 10 dias.

“Durante os dias de internamento e recuperação, mantém-se a agenda com as ações de campanha programadas para o secretário-geral, nas quais a partir de amanhã e durante este período será substituído pelos camaradas João Ferreira e João Oliveira, membros da Comissão Política e candidatos à Assembleia da República”, acrescenta o comunicado do partido. 

João Oliveira é o líder parlamentar do PCP. João Ferreira deixou o cargo de eurodeputado em julho de 2021 para se dedicar à candidatura autárquica em Lisboa. Foi candidato a Presidente da República no ano passado e é atualmente vereador na Câmara Municipal de Lisboa. Tanto João Ferreira como João Oliveira integram a Comissão Política do Comité Central do PCP.

Esta quarta-feira, Jerónimo tinha debate marcado com Rui Rio. Será João Oliveira a assumir o seu lugar. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here