Golos Paulinho e Ricardo Horta, a turma de Sá Pinto bateu o Rio Ave por 2-0, colocando-se a dois pontos do Sporting na classificação.

O Sp. Braga recebeu e venceu esta segunda-feira o Rio Ave por 2-0 em jogo da 12ª jornada da Liga portuguesa. Um golo em cada parte, da autoria de Paulinho e Ricardo Horta, valeram à turma de Ricardo Sá Pinto um triunfo que a coloca no sexto posto da classificação, a apenas dois pontos do Sporting, quarto classificado.

Os bracarenses inauguraram o marcador aos 41 minutos, por Paulinho, e ampliaram a vantagem aos 80, com tento de Ricardo Horta, conquistando os três pontos e ‘descolando’ do Rio Ave, equipa com a qual estavam igualados

Com a quinta vitória da época, o Sporting de Braga sobe ao sexto lugar, com os mesmos 18 pontos do quinto, o Boavista, mais três do que os vila-condenses, agora nonos, numa classificação liderada pelo Benfica, com 33.

Declarações de Sá Pinto, treinador do Sp. Braga, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, após o triunfo (2-0) sobre o Rio Ave:

«Houve uma boa reação do Rio Ave, uma equipa com uma ideia de jogo positiva e com jogadores de qualidade, com um bom treinador, o Carlos, de quem eu gosto pessoalmente e profissionalmente. Previa um jogo difícil e foi. Houve alguma igualdade no início, mas depois fomos dominadores, criámos, podíamos ter feito pelo menos mais dois golos e acho que a equipa fez uma boa primeira parte. Depois houve uma boa reação do Rio Ave, com alma, mas no cômputo geral penso que não se pode por em causa o nosso controlo. Fazer este jogo frente a um adversário difícil, neste relvado pesado e difícil, ao terceiro jogo é muito difícil. Fomos uns guerreiros, superamo-nos, tínhamos como aliciante ganhar pontos a quase todas as equipas que lutam pelos primeiros lugares e, por isso, foi uma jornada completa para nós».

«Em termos de resultados aceito, estamos melhores. Ganhámos a uma excelente equipa, que acho que também está a lutar pela Europa. Ganhámos pontos aos nossos adversários. Houve ocasiões em que não ganhei mais gostei mais da equipa nos noventa minutos. Nesta jornada, mediante as circunstâncias, acho que fiemos um grande jogo, a equipa teve alma. Era fundamental ganhar para as aspirações que temos».

Declarações de Carlos Carvalhal, treinador do Rio Ave, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, após a derrota (2-0) frente ao Sp. Braga:

«Se quisermos espremer uma análise, há falta de eficácia da nossa parte e eficácia do Sp. Braga. Entrámos bem no jogo, fizemos o que treinámos no primeiro quarto de hora, mas, a partir daí, perdemos confiança, talvez pelo relvado, e acabámos por sofrer o golo numa altura em que não se previa. Mas, se calhar pelo domínio e posse de bola, o sp. Braga mereceu chegar a vencer ao intervalo. Na segunda parte fomos uma equipa mais desinibida, construímos duas oportunidades muito flagrantes e o Braga faz o 2-0 no único lance que dispôs».

«Quero só abrir uns parêntesis. Quero falar sobre o Taremi. Já teve duas paragens por lesão, que nos custou caro. Dois meses e meio sem ele por situações de entradas perigosas sobre ele. O que quero dizer é que os penáltis foram revistos pelo VAR e são penálti, não foi nada inventado, e tanto é que foi num desses lances que se lesionou. Depois voltou a levar tareia, tem levado uns valentes cacetes desde que chegou a Portugal e não gostaria que levassem para o jogo uma ideia pré-concebida de que se atirar para o chão não é penálti».

«Estou a falar neste caso particular. Já vi que há alguma ideia pré-concebida sobre o Taremi. O que é um facto é que perdi o jogador quase por dois meses. Não quero falar sobre o futebol português, gosto muito das pessoas, tenho a minha opinião mas quem sou eu para mudar o que quer que seja».

«Saúdo a tarefa do Sá Pinto, de jogar em quatro dias e recuperar os jogadores. Não é uma tarefa fácil e o relvado será, certamente, um forte adversário. Aproveito também para saudar o Braga pela campanha europeia».

Veja aqui os melhores momentos da partida desta noite:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here